Buscar
Cadastro Newsletter
Redes Sociais
Acesso aos Editais

Skip Navigation LinksHome > Lista de Notícias > Notícia
Notícia - UGT promove exposição a céu aberto na Avenida Paulista
UGT promove exposição a céu aberto na Avenida Paulista

Foi inaugurada nesta quarta-feira, dia 9, na Avenida Paulista, a exposição “A Quarta Revolução Industrial”, promovida pela União Geral dos Trabalhadores (UGT), em referência ao 1º de Maio - Dia do Trabalhador.

Trata-se de uma ação que tem como principal objetivo provocar, por meio da arte, uma reflexão sobre o avanço da tecnologia que bate à nossa porta e que trará grandes impactos e desafios para os trabalhadores e para a sociedade em geral.

“Escolhemos esse tema porque muita gente nem sabe o que está acontecendo, mas o trabalhador precisa entender sobre o assunto, caso contrário, o desemprego será ainda maior com o advento da tecnologia. Já basta o quanto o desemprego aumentou como consequência da reforma trabalhista imposta pelo atual governo. Somos a favor dos benefícios trazidos pela tecnologia, mas, se dependermos exclusivamente da inteligência artificial, teremos problemas. Precisamos das máquinas a nosso serviço, mas sem ocupar o espaço do ser humano – pois é este que tem emoções, filhos para criar e que realmente constrói o País”, disse Ricardo Patah, presidente da UGT.

As obras foram desenvolvidas pelos artistas Carla Caffé e Guto Lacaz, exclusivamente para esta ação. “Somos muito agradecidos por vocês emprestarem seu talento para deixar a informação à disposição do trabalhador”, disse Chiquinho Pereira, presidente do Sindicato dos Padeiros e secretário de Organização e Políticas Sindicais da UGT.

“A cultura só tem valor quando é para todos e é exatamente o que acontece com essa exposição na Paulista”, enfatizou Carla.

Sob a curadoria de Monica Maia e Fernando Costa Netto, a mostra expõe 30 painéis de 12m² ao longo de um quilômetro da ciclovia da principal avenida de São Paulo. A exposição será vista por 5 milhões de pessoas, sendo já considerada a maior ao ar livre da América Latina.

Participaram da mesa de abertura da exposição, além de Patah, Chiquinho Pereira, os artistas e os curadores da exposição; Alessandra Brian, representando a secretária municipal de Trabalho e Empreendedorismo de São Paulo, Aline Cardoso; Canindé Pegado, secretário Geral da UGT; Salim Reis, vice-presidente da Central; Luiz Carlos Motta, presidente da UGT São Paulo e da Fecomerciários; Chiquinho dos Condutores; a vereadora Adriana Ramalho; o deputado Ramalho da Construção; e José Gonzaga da Cruz, vice-presidente do Sindicato dos Comerciários de São Paulo.

Representantes de diversos sindicatos filiados à UGT também marcaram presença na inauguração, como os das categorias dos padeiros, comerciários, condutores, motoboys, ferroviários, hoteleiros, bares e restaurantes, esportes, cargas próprias, telemarketing, trabalhadores rurais, além da Federação do Comércio, Centrape (Central Nacional dos Aposentados e Pensionistas do Brasil) e Sindiapi (Sindicato Nacional de Aposentados e Pensionistas e Idosos da UGT).

A exposição foi oficialmente aberta por um robô gigante, de 2,90m, que ilustrou o tema abordado e parou a Avenida Paulista.

“A Quarta Revolução Industrial” ficará na ciclovia da Av. Paulista, entre a Rua Augusta e a Alameda Campinas, até o dia 9 de junho.

Histórico

A primeira grande exposição realizada pela UGT na Avenida Paulista, em homenagem ao Dia dos Trabalhador, aconteceu em 2015 e teve como tema os “30 Anos de Redemocratização do Brasil”; a segunda, em 2016, celebrou os “100 Anos do Samba”; a terceira, em 2017, realizada em parceria com o PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) e a OIT (Organização Internacional do Trabalho), representou os “17 Objetivos para Transformar o Mundo”.


Fonte: UGT - 10/05/2018
Comentários